domingo, 28 de agosto de 2016

Dicas para iniciantes

Marcio e Renata
(nossa historia)

Este texto é dedicado a todos os casais que se iniciam, que tem duvidas e também é um pouco de nossa historia desde que resolvemos nos aventurar neste mundo liberal.....

No mundo liberal só tem gente LINDA e SARADA...???
Qual o melhor local...???, Chácara, boate, barzinho ou na sua/nossa casa...???

Antes de mais nada queremos dizer que somos casados de verdade desde 1.989, nos amamos muito e acreditamos "piamente" no relacionamento estável no qual todo casal deve(ria) ter como regra básica antes de se aventurar por este "mundo" Liberal hoje tão explorado comercialmente sem nenhum critério e "responsabilidade".
O que o Swing representa para nós.
Swing é um estilo de vida, não uma putaria, como pensam os que não pertencem ao meio (99,999% dos homens solteiros, ou o que é muito pior, os casados que vão sozinho às casas).

Ser liberal/swinger é se dar a liberdade de realizar suas fantasias com quem se ama, sem riscos, baseado em regras de convivência. É, acima de tudo, dividir, no mais amplo significado da palavra.

E, entre as regras de convivência citadas acima, a mais importante delas, parafraseando o slogan de uma casa de swing, "onde tudo é permitido e nada é OBRIGATÓRIO"; ou o que cai melhor no tópico, onde dois não quer, três não fazem.
 

Agora um pouco de nossa historia no meio liberal (nossa historia)

1.997 quando iniciamos....
Nunca nos imaginamos em sair com outras pessoas, tocar, beijar..... transar então nem fale...., no inicio foi meu marido que se interessou pelo assunto, teve um contato com um casal conhecido do meio liberal e depois de trocar muitas informações com eles resolvemos ir conhecer pessoalmente uma festa dessas e ver como era realmente, eu devo confessar que a principio fui contra e não queria, mas depois resolvi ceder e pelo menos ir conhecer e ver como era....., a grande verdade é que logo de cara achei tudo muito respeitoso, que existia regras e eram obedecidas por todos, ninguém fazia nada que ninguém queria e isso me deixou mais a vontade para buscarmos a tão esperada fantasia......

Após muita pesquisa com pessoas do meio liberal, vimos que nossas duvidas, medos, receios eram iguais ao de qualquer casal iniciante e assim sendo nos interessamos pelo assunto de tal maneira que passamos a promover eventos fechados em Campinas e também criamos o portal Fantasy Club que é voltado a relacionamentos liberais, site este moderado por mim e tendo meu marido como criador e desenvolvedor.

Resolvemos colocar
o nosso ponto de vista no texto abaixo para que outros casais possam ter idéia do que podem esperar......, deixamos claro que as opiniões emitidas são baseadas em experiências pessoais vividas por nós e relatos de vários casais não sendo necessariamente um regra !.

Como muitos casais devem saber, podemos afirmar que fomos nós que iniciamos as noites de Swing na região de Campinas no antigo Paradise; que nada mais era que uma chácara que foi transformada em boate sendo que durante a semana funcionava um clube Privê(que não funcionava aos sábados) para homens e de final de semana ficava fechada, sendo assim surgiu então nossa parceria com a casa que nos fornecia a estrutura e tínhamos o compromisso de fazer daquele espaço aos finais de semana um verdadeiro encontro liberal entre casais apenas...; objetivo este que alcançamos e quem conheceu e foi sempre nos pergunta quando voltaremos e porque paramos.

Por mais de 4 anos tentamos ajustar seu imenso espaço físico( Paradise ) ao pensamento e vivência swinger. Algo como “o” final de semana completo. Porém, nunca funcionou, uma vez que, os casais (em sua grande maioria) não tinham o tempo necessário para permanecer por todo o final de semana usufruindo de tudo aquilo que o local dispõe - piscina, estacionamento fechado, bons quartos, que poderiam ser transformados em acomodações etc. Os motivos são os tradicionais de todo casal casado; filhos, família, trabalho etc.


 TÓPICO 1 - Hoje no mundo liberal ta cheio de gente se achando....., muita hipocrisia, muito "CONTO URBANO e ESTÓRIAS DE CINDERELAS" por ai minando a essência do VERDADEIRO SWING, ai fica a pergunta....... : Gente normal pode ser "LIBERAL" ou apenas gente SARADA e LINDA tem vez... ?

Pessoal estava observando uma coisa engraçada agora todo mundo que vai fazer uma festa tem que falar que só tem pessoas lindas presentes, pois, eu acho isto muito engraçado para mim o swinger não tinha obrigação nem uma de ser um modelo, e sim uma pessoa normal q gostasse de um bom sexo ou ate mesmo ser um casal liberal afim de satisfazer suas fantasias porem acho que isto já ficou para traz, pois, agora só se fala em ter pessoas lindas no swing agora só tem capa de revista no swing, aquelas pessoas normais donas de casas ou mulheres que trabalham fora ou maridos que tem que sustentar sua casa trabalhando em certas festas tem que ficar de fora, agora não pode nem ser feio para certos grupos de casais(as famosas panelinhas.... aff...); olha só que coisa feia feio não entra ta. (rssssss)é eu acho que tem muita gente freqüentando o lugar errado, pois, não se pode ser swinger/liberal se eu não for o casal/mulher/homem + bonito...!!!,  será que não esta havendo uma inversão de valores? acho que o normal é aquela pessoa que vai ao swing para satisfazer seus desejos e não ficar reparando se fulano e feio ou bonito.

É claro que eu todos temos nossas preferências e claro, vou fazer sexo com quem me identifico. Como isso é sempre subjetivo e pessoal a aparência para cada um tem valores diferentes, falar de beleza fica complicado eu escolho sim para com quem eu faço sexo pois amor eu faço com a minha mulher pois eu entrei neste mundo do swing para não ter traição e sim cumplicidade entre nos .

Sabe isto mais uma vez vem mostrar para todos quanto preconceito existe no swing estamos cansados de ver aqueles casais que se julgam tão lindos que ninguém pode tocar neles ou ate mesmo ser amigo deles, pois, só aceitam aqueles lindos e perfeitos. (e ate certas casas de swing o tratamento é diferenciado de acordo com a beleza do casal)

Para mim um bom sexo tem muito a ver com cheiro , tesão química e isto pode rolar numa hora que eu nem ache o casal tão bonito mais acho que tem algo a ver com a gente; e as minhas/nossas amizades jamais são escolhidas pela beleza e sim por afinidade definitivamente acho que estou no lugar errado será que o swing tem mesmo que ser assim ou pode ser algo legal para todo mundo.

Ser liberal nos dias de hoje esta cada vez mais difícil, a faixa etária esta diminuindo, a maturidade não conta mais em certos casos e a banalização esta evidente em certos locais e panelinhas de casais que observamos por ai... mas para tudo isso apenas temos a dizer que somos nós que fazemos nosso ambiente e amigos neste mundo...... e vamos ser felizes no swing pois a fila anda !!!!!!

 TÓPICO 2 - Qual o melhor local...???, Chácara, boate, barzinho ou na sua/nossa casa ?

Dentre as varias opções que temos hoje para realizar tais fantasias podemos citar as mais comuns que são : As boates do gênero, chácaras, na nossa casa ou na dele(s), motéis para os apressadinhos ou aqueles que já possuem alguma afinidade ou marcar algo em algum local publico para tentar tornar a situação mais amena( será ??? ).

Sem duvida as mais procuradas são as boates por ostentarem um certo glamour e segurança, mas infelizmente nem sempre isso corresponde a realidade pois alguns proprietários inescrupulosos querendo lucrar um pouco mais em suas noites permitem o ingresso de pessoas não compatíveis com o publico e o objetivo da noite fazendo dela uma verdadeira noite de terror, pensamos que tudo tem lugar, hora e razão. Noites de ménage são para casais e singles; as demais noites devem ser somente para casais, e sendo assim temos buscado sempre a interatividade apenas entre casais!.

Se o problema são os "homens" sozinhos, porque a discussão nunca recai também sobre as "mulheres" sozinhas ?. Perguntamos e já respondemos: com exceção de "GPs:Garotas de Programa", as mulheres que vão sozinhas às boates e eventos (como as mulheres que acompanham alguns casais as vezes), sabem se comportar nesse ambiente. Durante 7 anos que freqüentamos a noite swing, nunca ouvimos uma reclamação sequer de uma mulher inconveniente. Já sobre os homens...

Esta é uma realidade "triste", que a cada dia mais cresce pois é evidente que na visão masculina é muito mais cômodo e "BARATO" pagar e entrar numa casa de swing do que ir a um Night Club e contratar uma profissional, porem não vamos entregar o time e deixar de freqüentar as boates onde conhecemos grandes amigos, para restringir nossas noites à motéis e festas "ditas" "particulares".

Todos nós desejamos conhecer gente nova, além de nós os "CASAIS" sermos a razão da existências das casas de "SWING" e não o inverso. Se todos deixarem de ir às casas de swing, e estas só forem freqüentadas por homens sós com Garotas de Programa, vão precisar trocar o nome para "Night Club"... e infelizmente isto pode acabar acontecendo.... pensem nisso !!!.... Assim pensamos.

Nossa experiência em boates, chácaras e afins...

Eu, Renata, e meu marido, Márcio, chegamos a ir em festas prives em chácaras, boates, apartamentos luxuosíssimos, etc., e hoje temos nossa opinião sobre tudo isso. Iremos aqui e agora, apresentá-las de maneira democrática, não desejando com isso ditar regras, ou afirmar o que é ou não melhor.

Esta é uma visão pessoal de MARCIO e RENATA.

Sobre as chácaras - Chegamos a ir alguns encontros, promovidos por casais que freqüentemente estão na "mídia". Embora em algumas vezes a organização tenha sido impecável, a interação, animação e amizade, tão necessários para podermos criar a tal "AFINIDADE"... Simplesmente não existia. Em outras, o nível do casais presentes não era ...agradável. Não nos referimos aqui a nível de escolaridade ou financeiro.

Em algumas festas em chácaras tivemos a desagradável impressão de que “tinham pego alguns homens que não viam mulher a muito tempo” e para parecer que eram casais liberais; ficou evidente que haviam contratado "garotas de programa", tentando unir o útil ao agradável !!!... Tipo: "vamos fazer uma grande putaria, pois, será legal e lucrativo".

Pois é, também nós "infelizmente" já participamos dessa roubada, sem saber; coisa de louco...

Sei que alguns casais vão dizer “fomos a festas em chácaras e foi legal”. Até acreditamos, porém, é preciso entender o seguinte: é muito diferente de “juntarmos meia-dúzia de amigos” para passar um final de semana na chácara de algum deles, onde todos se conhecem, dividindo despesas; todos fazem muita bagunça, jogam bola, etc.

Para uma convivência liberal, ainda que por poucas horas, há de se ter “certas” afinidades, pois, sem isso o encontro se tornará algo maçante. Tudo o que é feito sem critério, baseado apenas no tesão, saindo por ai convidando qualquer um que se denomine casal liberal.... Ah gente, pode parar !!!!... Ninguém merece !!!!

Nós, Marcio e Renata, não gostamos nem temos planos de participar, ou sequer a intenção de promover eventos dessa natureza.

Infelizmente, é comum ouvirmos nos eventos realizados em chácaras, comentários do tipo:

Na hora do convite...

- ninguém é obrigado a fazer nada (ha ha ha, tente sair fora de um marido excitado e bêbado......)
- vai ser legal ! Só irão casais conhecidos(muitas vezes :
Só irão casais "MAL" conhecidos !!!...)
- os casais são selecionados (hum... na maior parte das vezes a seleção é baseado em quem paga !)
- só terá casais bonitos, lindos, maravilhosos, malhados(sem comentários.... normais não tem vez ???)
- sempre promovemos e fazemos, todo mundo gosta

O que rola, de verdade, na hora...

- aquele casal é estranho(esquisito)...(as famosas panelinhas são impiedosas e crueis...)
- aquela mulher não parece ser esposa daquele homem...
- a roupa dela deve ter sido comprada em "saldão"
- nossa você viu como peito dela é caído ....
- a carne do churrasco esta dura, devem ter comprado carne de terceira...
- você viu quanta celulite ela tem ?
- que coisa feia... O marido dela bebeu demais e deu o maior vexame... Boca livre tem disso...
- ele é tão bonito, mas, tem um pintinho...
- o papel higiênico é horrível, parece lixa...
- casais com problemas conjugais se separarem na hora e serem totalmente inconvenientes com todos
- a toalha não está bem lavada... eles não conhecem amaciante?
- a vodka da caipirinha ta com gosto estranho... Deve ser paraguaia...
- olha que porco! Ele colocou a mão no pinto, e depois pegou na comida...
- o marido dela deu em cima de mim enquanto meu marido foi ao toilet...
- o marido ficou com ciúmes e brigou com ela...

Isso sem contar que tem muito "MARIDO" cara de pau que fica te cantando para ir em algum canto dar aquela tradicional "TREPADINHA" básica escondida sem que ninguém saiba....., outros são mais ousados e oferecem até grana e ficam te azarando o tempo todo tentando enfiar dedos sem maiores cerimônias!!!.... Sem contar que se você de repente consegue afinidades com algum casal(o que é raro) e esta no bem bom com esse casal acaba aparecendo do nada aqueles "MARIDOS MALAS" com pintos na mão tentando fazer com que você faça um oral nele....., putz isto estraga qualquer clima...

Essas são algumas das coisas que vivemos, ouvimos e presenciamos entre tantas outras, as quais não citamos por acharmos impublicáveis.

Gente vamos cair na real !!!

A grande maioria dos casais Swingers tem entre 30 e 50anos(existem as exceções), e tudo é muito bonito “se” acharmos que nas festas só terá gente sarada !!!... Quem aqui não tem estria? Quem aqui não tem uma barriguinha, sem falar da mulher que já teve o privilégio de ser mãe, tendo sido agraciada, também, com uma marquinha de cesárea??? ... Eu mesma tenho!!! Infelizmente, alguns casais são malvados, narcisistas por natureza; reparam e até excluem aqueles que estão lá para se divertir e fazer amigos. Esses são os famosos PANELEIROS. Não acrescentam nada ao movimento, vendem um falso Glamour, e não podem ser exemplo de nada, pois nada podem oferecer além de um “corpinho sarado”.

Não gostamos encontros tipo “chapa de fogão” (rs), ou seja, de panelinhas; todos aqueles que nos conhecem sabem disso. Estreitar amizades não significa criar o “clube do Bolinha”, no qual ninguém mais entra. Queremos que todos os casais que compartilhem de nossos princípios, participem. Não desejamos reunir apenas alguns casais do tipo que se sente mais casais que os outros, como temos visto por ai... Somos simples, temos família, filhos, como muitos aqui, e, é preciso deixar muito claro:não vivemos profissionalmente desse segmento!

Da mesma maneira que um grande número de casais que freqüentam o mundo liberal, desejamos fazer amizades, que preferimos sejam sinceras, assim, poderemos realizar nossas fantasias com maior tranqüilidade e prazer.

O problema não é ser em chácara e sim como é organizado tais eventos, caso um dia venhamos a realizar algo assim, as festas transcorrerão como se estivessem acontecendo dentro de uma boate; e apenas para 1 noite. Toda a estrutura envolvida será a mais parecida possível com uma casa noturna, e, mais precisamente, como eram nossos eventos anteriormente promovidos. Em verdade, transcorreriam, com absoluta certeza, sem os problemas que enfrentávamos no Paradise, os quais, muitos de vocês estão cansados de saber! (Pé de Pato, Mangalô 3 vezes!!!). rs

Sobre as Boates - Na grande maioria de boates que fomos, pudemos entender e realizar com mais tranqüilidade nossas fantasias. Tivemos nossa primeira experiência com um casal no Marraskesh, em São Paulo, e tudo ocorreu da melhor maneira possível. Lá, eu não fiquei preocupada com estrias e celulite, meu marido não sentiu-se constrangido com olhares “de juízes e juízas”... As musicas tocadas eram de nossa geração, e todos lá dentro estavam sincronizados e envolvidos em divertir-se e não julgar.

No entanto também conhecemos outras boates não tão legais, que por motivos éticos não iremos citar. Nessas, presenciamos muitos singles, garotas de programa e casais armados.... Entendemos o quanto é difícil para as boates sobreviverem sem singles e/ou casais armados; tem aluguel, funcionários, etc... O que obviamente não se justifica, porem é uma realidade observada em muitas casas por ai...... Poucas tem discernimento em estruturar suas noites de maneira que não se conflitem entre casais de detestam homens e os próprios que ao pagarem altos valores na entrada se sentem no direito de fazer o que desejam com todos dentro.

Sobre barzinhos e afins - Sabemos que, erroneamente, muitos casais tem o habito de marcar encontro, ou fazer o primeiro contato em locais como os acima; no entanto, pensamos que, sempre é melhor encontrar os casais amigos, ou conhecer um novo casal, em ambiente menos “frio” e mais apropriado para essa finalidade, de tal maneira que, sem nos expor, nos deixe a vontade para falarmos o que entendermos que seja adequado e necessário, sem nos preocuparmos com a possibilidade de o pessoal da mesa ao lado estar ouvindo. Em local público, quase sempre ficamos a vigiar a porta de entrada, com receio de que apareça algum conhecido e nos flagre “aos papos”... rs

Sobre os apartamentos e festas prives – Gente, por favor! Ser rico, bem de vida, ou fazer parte dos famosos casais glamourosos, não quer dizer que os mesmos sejam obrigatoriamente pessoas idôneas! Não queremos generalizar, mas, eu, Renata, quase fui violentada em uma dessas festas prives, e, para sair dessa saia justa foi um problema e tanto... E olha que o apartamento era coisa de cinema; duplex, muito bem situado na cidade (Piracicaba) o casal tinha nível superior/pós graduado e tudo mais. Vimos pessoas transando sem camisinha, e, no auge da loucura, drogas... Ficamos traumatizados e nunca mais aceitamos este tipo de encontro... Já fomos, claro, na casa de casais amigos, ou os casais amigos vieram em nossa casa, mas, ir a uma suruba dessas, onde o ambiente é o mais promiscuo possível, não. Jamais!

Pensamos assim: quando queremos rezar, vamos a igreja; quando estamos com fome, vamos ao restaurante. Portanto, se desejamos falar sobre liberalidade, buscamos conferir afinidades em ambiente onde o clima favoreça ao assunto e a todos; geralmente as boates tem a melhor característica para isso. São praticas e democráticas, pois, lá tudo foi feito para esta finalidade.


Avaliem bem antes de aceitarem um convite; diz a lenda que Cinderelas viram abóboras...

Agradeço a todos pela atenção e paciência de ler a nossa historia e desabafo até o fim.

Beijos

 
  Renatinha - Moderadora - Fantasy Club !
Fone : (19) 9208-9160
www.fantasyclub.com.br 
MSN/E-MAIL : mr@fantasyclub.com.br